TÉCNICA DE PLISSADO

Esta publicação visa abordar a técnica de plissado. Existem três tipos de plissados. O primeiro pregas prensadas manualmente com ferro.

Segundo plissado à máquina as pregas paralelas são feitas pela passagem de um rolo de tecido entre cilindros aquecidos e criando uma prega em faca. Terceiro plissado a mão o tecido pré-cortado é colocado entre duas folhas de papel dobrado de forma uniforme e pré-estabelecida, quimicamente tratado e aquecido para formar as pregas.

TÉCNICA DE PLISSADO

Goma para plissar o tecido
Ingredientes:
1 Pacote de gelatina em pó incolor e sem sabor;
1 Litro de água fervente;
1 Litro de água fria;
2 Copos de álcool;
1 Colher (sopa) de sal, para evitar manchas no tecido.

MODO DE FAZER A MISTURA
Dissolva a gelatina num pouco de água quente e acrescente 1 litro de água quente e a seguir misture toda água fria, álcool e sal.  Engomando o tecido Mergulhe o tecido na goma até que o mesmo fique totalmente humedecido. Pendure o tecido e deixe secar à sombra, não deixe formar pregas ou rugas, não coloque pregador.

TÉCNICA PARA PLISSAR O TECIDO

Coloque a forma do plissado sobre a mesa.
Estique totalmente as pregas.
Coloque o tecido no meio da forma.
Refaça as pregas do plissado da forma juntamente com o tecido colocado no meio da forma.
Coloque pesos sobre o plissado (podem ser barras de ferro).
Humedeça uma toalha, coloque-a sobre a forma e vaporize com o ferro, até que seque o tecido dentro da forma.
Leve a forma com tecido dentro ao sol-pôr 2 dias, vire o a cada 3 ou 4 horas para secar dos 2 lados.
Recolha-o à noite.
No 3º dia o plissado estará pronto para ser confeccionado.
Modelagem para o plissado.
Pode ser no fio, para blusas, saias ou vestidos que não precisam de volume.
Pode ser no viés, para batas, saias ou vestidos godê.

Partilhar

Deixe aqui o seu comentário

Select Language